domingo, 1 de março de 2015

Novo colaborador

Meu nome é Ayron - pela pronúncia uns me chamam de Iron Man e outros mais velhos (ou fãs de metal) de Iron Maiden -, mas enfim, pode me chamar do que quiser, desde que me chame; principalmente se for para uma boa conversa, tenho 22 anos, 6 meses e 15 dias de experiências, vivências e displicências para compartilhar.

Hoje sou resultado da soma de todas as lembranças criativas da infância, da vivacidade da adolescência, dos 11 meses que servi as Forças Armadas e dos dois anos e meio em que morei embaixo do mesmo teto com uma pretendente, e tudo isso com um toque acentuado de sensibilidade e emoção que venho adquirindo em cada texto novo que escrevo.

Gosto muito de teatro (de preferência atuando), de música (de preferência tocando), de escrever (de preferência pensando), e de falar (de preferência dialogando), mas não sou ator, cantor, escritor, filosofo, teólogo, psicólogo, conselheiro ou curandeiro, e sim um aspirante a tudo isso.

"Um emaranhado de ideias movendo outro de carne e osso"

É com muito prazer que também estou montando na anca desse unicórnio para galopar ao sabor do vento e trazer em versos e cronicas, hora tempestade de emoções, hora o clarão do sol em reflexões que nos levarão a enxergar o que temos de melhor.

Não faço questão que compartilhe, curta, ou discuta sobre minhas ideias e sentimentos, mas quero que opine, caso contrário me deixará falando sozinho. Eu espero que goste, mas se isso não acontecer tudo bem, desde que me exponha seus motivos.