sexta-feira, 4 de abril de 2014

Capitão Phillips (filme)

Outro dia tive o prazer de assistir ao filme Capitão Phillips que tem nada mais, nada menos que Tom Hanks como protagonista. Não gosto muito de drama, mas assisti três recentemente não me arrependi de nenhum. Tenho me policiado para não deixar de ver algum filme só porque é drama e tirar da minha cabeça que não gosto do gênero, porque os filmes são diferentes, os atores são outros e podemos acabar nos surpreendendo com algo que dizemos não gostar. Conselho do dia: abra a mente!

O filme é baseado em fatos reais (o que eu adoro), gosto de saber que o filme passa realmente aconteceu, não foi algo que alguém inventou. Por favor, não estou dizendo que não gosto de ficção, adoro do mesmo jeito, mas quando fico sabendo que aquilo aconteceu de verdade meio que tendo me imaginar vivendo aquelas situações, pensando e refletindo no que eu faria igual ou diferente. 

O filme mostra momentos de extrema tensão, já que se trata de um sequestro acho que não tem como não ser tenso, mas a forma como foi filmado, bem de pertinho, fez com que eu me sentisse dentro do bote juntos com os atores. Todos aqui em casa ficaram tensos vendo o filme, o engraçado é que falamos muito e durante o filme não falamos praticamente nada, eu olhava para a minha mãe e ela estava séria e aflita, essa é a sensação que o filme passa. 

Sinopse:
Richard Phillips (Tom Hanks) é um comandante naval experiente, que aceita trabalhar com uma nova equipe na missão de entregar mercadorias e alimentos para o povo somaliano. Logo no início do trajeto, ele recebe a mensagem de que piratas têm atuado com frequência nos mares por onde devem passar. A situação não demora a se concretizar, quando dois barcos chegam perto do cargueiro, com oito somalianos armados, exigindo todo o dinheiro a bordo. Uma estratégia inicial faz com que os agressores recuem, apenas para retornar no dia seguinte. Embora Phillips utilize todos os procedimentos possíveis para dispersar os inimigos, eles conseguem subir à bordo, ameaçando a vida de todos. Quando pensa ter conseguido negociar com os piratas, o comandante é levado como refém em um pequeno bote. Começa uma longa e tensa negociação entre os sequestradores e os serviços especiais americanos, para tentar salvar o capitão antes que seja tarde.
Curiosidades: (fonte: Adoro Cinema)
  • Baseado no livro "A Captain's Duty : Somali Pirates, Navy SEALs, and Dangerous Days at Sea", escrito pelo verdadeiro Richard Phillips.
  • Em abril de 2009, o capitão Richard Phillips e a tripulação do navio Maersk Alabama foram sequestrados por piratas somalis.
  • A produção tentou conseguir o navio Maersk Alabama para as filmagens, mas acabou utilizando um porta-contêineres bastante similar ao original.
  • A equipe de Capitão Phillips filmou durante 60 dias a bordo de um navio.
  • Em entrevista, Tom Hanks revelou que o seu primeiro contato com os intérpretes dos piratas foi somente na hora de realizar as filmagens.
  • Para criar uma história autêntica, mais próxima da realidade, o diretor Paul Greengrass decidiu filmar perto dos atores, com a câmera nos ombros.
 Gostei muito do filme, quase chorei em uma parte (o que raramente acontece) e estou aqui falando que se tiver oportunidade assista, é muito bom!